Pages

20 de dezembro de 2010

Uma mensagem de Natal

Divino Mestre


Aqui estamos na solidão de nosso eu infeliz e milenarmente comprometido com uma bagagem de erros e desencontros, a rogarmos a Tua luz divinal.

Aproveitamos este período em que nosso coração empedernido se amolece e te pedimos perdão pelo nosso rozário de imperfeições.

Tão desprezíveis são nossos erros, que só a tua Misericórdia é capaz de nos envolver com uma aura de esperança e motivação para encarar o recomeço.

Aquieta-nos o espírito, Mestre Nazareno, e nos faz entender que está próxima nossa hora de compreender os desígnios sagrados e de nos capacitarmos a refazer o intenso rastro de desacertos, que nos fez devedores para com a nossa própria evolução.

Possibilita-nos, neste Natal, entendermos, já com a alma pacificada, a verdadeira e única mensagem que o  Teu nascimento nos legou.

Possibilita-nos espraiar esse entendimento por toda a humanidade, cansada e sobressaltada por tanta guerra, tanto desamor, tanto sectarismo. 

Concede-nos transformar nosso semelhante à luz de nossa própria transformação.

Bafeja-nos com Teu hálito de amor infintito, para que estendamos aos outros o perdão e a compaixão, que antes tivermos para com as nossas próprias faltas, pesadas e que nos agrilhoam a um passado tão ou mais espúrio do que o presente imperfeito que hoje vemos e julgamos nos nossos companheiros de jornada.

Que Tua santa mãe Maria possa nos abraçar e nos fazer a todos o tutelado que dela teve a graça de repousar na sagrada manjedoura de Belém.

Que este Natal, ó Mestre, nos seja singelo, leve e agregador.

Que as experiências que nos sejam apresentadas nesses derradeiros dias de dezembro nos falem mais ao espírito endividado do que nos últimos anos falou.

Que tenhamos em todos os momentos a capacidade de dividir com nossos companheiros de vida essa vontade de alçar as asas do verdadeiro progresso e nos dizendo cristãos, possamos exemplificar a verdadeira e única mensagem natalina: a prática da reforma íntima através do amor, do perdão e da tolerância.

Que a estrela de Belém nos ilumine neste final de 2010 e nos conduza ao encontro de nós mesmos e do projeto de vida que a espiritualidade superior traçou para que sejamos no próximo Natal pessoas melhores que fomos até então.

Resumo minha súplica, Mestre Jesus, enviando através de Teus santos mensageiros, votos de muitas felicidades a todos os seres humanos e paz no coração do mundo, de meus adversários, de meus companheiros de trabalho, de minha família e daqueles irmãos que mais preenchem minha existência.

Que assim seja! Graças a Deus!

Juliana

0 comentários:

E ai, gostou do que leu? Que tal ver o blog atualizado?

Então acesse clicando aqui
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.