Pages

15 de março de 2012

Mercadante mostra-se cauteloso quanto à utilização do Kit gay na rede pública de ensino

Da Folha:

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, se mostrou cauteloso ao ser questionado sobre o uso de material anti-homofobia na rede pública de ensino. Ele reconheceu a necessidade de tratar o assunto, mas criticou uso de vídeo, por exemplo, como forma de combater o preconceito. "Se eu acreditasse (...) que lançar um material didático, simplesmente produzir um vídeo e lançar na escola resolvesse, nós estaríamos fazendo, mas não vai resolver. Só o clima que nós criamos aqui no âmbito do Congresso Nacional, longe de contribuir, acirrou as posições", afirmou o ministro em audiência pública na Câmara dos Deputados. Elaborado na gestão de Fernando Haddad (PT), o kit de combate à homofobia teve sua distribuição suspensa em maio do ano passado pela presidente Dilma Rousseff. Na ocasião, a assessoria de imprensa do ministério informou que ele era composto de vídeos e de publicação de orientação para professores. Segundo o ministro, o debate no congresso sobre o kit foi alvo de "intransigência e polarização". "Nós temos crianças na rede escolar que vão para casa envergonhadas, humilhadas (...) e uma das razões é a homofobia", disse o ministro. "Nós precisamos fazer uma pesquisa mais cuidadosa e mais aprofundada sobre como construir um diálogo que respeite a diversidade em todas as suas formas. Para construir essa cultura nós vamos ter que estudar mais a fundo a homofobia e como dialogar, porque o enfrentamento direto eu acho que não vai ajudar", completou. 

Comento: Sinceramente, ponto para  Aloizio Mercadante. Não gosto de sua trajetória política, pautada à sombra dos principais escândalos protagonizados pelo petismo, mas sua ação cautelosa quanto a assunto tão inoportuno confere alguns créditos a ele. O tema diversidade sexual não é coisa para ser discutida na escola e cabe unicamente à família abordar e detalhar minimamente as normas e seus desvios no tocante ao sexo. Tem coisas que, por maior que seja a interdisciplinaridade e transversalidade continuam íntimas o suficiente para não serem especuladas por pessoas que não são nossas mais indicadas confidentes: a família. Como pressupõe-se que todo aluno da rede regular de ensino tem um responsável direto, a responsabilidade indireta pela educação, que cabe à escola desse aluno não a credencia a apontar, no bojo dessa temática, o que é correto ou não. E no mais, apelos ao estímulo à tolerância e ao combate ao preconceito de nada, mas nada mesmo valerão se no ambiente doméstico campear a sociopatia. Por isso, creio que o mais indicado seja o fomento à conscientização familiar.

0 comentários:

E ai, gostou do que leu? Que tal ver o blog atualizado?

Então acesse clicando aqui
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.